Repovoamento da Bacia do Rio Uruguai

Repovoamento da Bacia do Rio Uruguai

Foi firmado, desde 2004, junto ao IBAMA, um convênio entre o Consórcio Itá e as Bases Avançadas de Pesquisa de Painel/SC e Chapecó/SC.

As Bases Avançadas vêm desenvolvendo atividades concernentes ao estudo, manutenção e formação de plantel de reprodutores de espécies nativas, visando basicamente à produção de alevinos para serem utilizados em repovoamentos de rios que compõem a Bacia Hidrográfica do Alto Rio Uruguai.

Assim, através das Bases Avançadas, foram efetuadas solturas de 1.716.500 Curimbatás (Prochilodus sp.), 739.000 Jundiás (Rhandia sp.), 55.809 Piavas (Leporinus sp.) e 2.000 Saicangas (Galeocharax sp.), espécies que integram os principais níveis da cadeia trófica local, totalizando 3.015.590 peixes.

A soltura é feita sempre com acompanhamento do 8º Pelotão de P. M. de Proteção Ambiental de Santa Catarina e da Brigada Militar Ambiental do Rio Grande do Sul.
Durante os trabalhos de soltura de peixes, profissionais do CDA (Centro de Divulgação Ambiental da Usina Hidrelétrica Itá), da Base Avançada de Pesquisa e da Polícia Ambiental, convidam representantes da comunidade, das escolas ou de associações para acompanhar o trabalho no sentido de conscientização sobre a importância da preservação da ictiofauna.

No ano de 2014, décimo ano da parceria, o IBAMA informou que o convênio não seria renovado em função dessas bases estarem sendo revertidas para o município de Chapecó e para estado de Santa Catarina, respectivamente, e informaram da dispensa do atendimento da Condicionante 2.1.7 – item “c” – da licença de Operação 68/99, devendo a mesma ser excluída na próxima renovação.