Imprensa

Histórias cruzadas: Concórdia 85 anos


Concórdia (SC) é o maior município dos 11 lindeiros ao longo do reservatório artificial da Usina Hidrelétrica Itá, tanto em extensão territorial, quanto em população. O município que completa nesta data, dia 29 de julho, 85 anos de emancipação político-administrativa, é também o que possui o maior número de propriedades no entorno do reservatório artificial da UHE Itá, com 472 propriedades vizinhas ao lago, que têm suas histórias recentes cruzadas ao empreendimento.

Antes de ser emancipada, Concórdia pertencia ao município de Cruzeiro, atual Joaçaba, e carregava o nome de "Vila Queimados", uma relação ao rio que cortava o vilarejo. Sua colonização esteve ligada fortemente com a ocupação e colonização do Oeste Catarinense, composta por desbravadores jagunços e caudilhos remanescentes da Guerra do Contestado, posteriormente atraindo colonos de origem italiana e germânica do Rio Grande do Sul, os quais se dedicaram às atividades agrícolas.
Passados os anos, Concórdia é hoje polo regional, se destacando entre os municípios, tanto catarinenses, como no cenário nacional. De acordo com o ranking de Desenvolvimento Humano (IDH 2010), Concórdia figura entre os primeiros colocados com nível muito alto de desenvolvimento, e em nível de Brasil, figura na 40ª posição no ranking. Com cerca de 68 mil habitantes (CENSO 2010), tem sua economia baseada no agronegócio, mas com segmentos em franco desenvolvimento, como a prestação de serviços, comércio e indústria.  
Repasses e incentivos
Concórdia tem recebido mensalmente recursos referentes a Compensação Financeira pelo Uso dos Recursos Hídricos – CFURH. Historicamente, já foram repassados ao município cerca de R$ 55 milhões desde o início da operação da Usina Hidrelétrica Itá, no ano 2000. Além destes recursos, o município recebeu importante repasse via lei Rouanet no valor de R$ 637.702,58, através de uma das empresas que compõe o consórcio, com o objetivo de adquirir móveis e equipamentos necessários para o Centro Cultural, local referência em ações culturais, educacionais e eventos. 
Dentre os legados deixados ao município, o Consórcio Itá instalou uma Unidade de Conservação Ambiental, área esta que integra o Parque Estadual Fritz Plaumann. São aproximadamente 741 hectares de um patrimônio natural de valor para o ecossistema e com importância inestimável para conservação da Floresta Estacional Decidual (Floresta do Rio Uruguai). Um verdadeiro laboratório natural com estreita ligação entre o lago, fauna, flora e ações de educação ambiental.

 

Compartilhe:

Artigos relacionados

Notícias

Ver outras notícias